Economia

Governo envia à Alepe projeto de lei para pagar metade do salário

Esta é uma das medidas do Plano Retomada, apresentado nesta terça-feira (3). Pacote de incentivos depende da aprovação dos deputados estaduais para entrar em vigor.

Publicada em 03/08/21 às 20:57h - 162 visualizações

por Matheus Jatobá/FOLHAPE


Compartilhe
Compartilhar a notícia Governo envia à Alepe projeto de lei para pagar metade do salário  Compartilhar a notícia Governo envia à Alepe projeto de lei para pagar metade do salário  Compartilhar a notícia Governo envia à Alepe projeto de lei para pagar metade do salário

Link da Notícia:

Governo envia à Alepe projeto de lei para pagar metade do salário
 (Foto: Aluisio Moreira/SEI)

O Governo de Pernambuco vai investir R$ 5 bilhões até o final do próximo ano para a geração de mais de 130 mil novos empregos, com o Plano Retomada. O anúncio do programa foi feito na manhã desta terça-feira (3) pelo governador Paulo Câmara.

O plano tem o objetivo de trazer para o Estado um pacote de incentivos como o pagamento de seis meses de metade do salário dos trabalhadores contratados a partir da aprovação do projeto de lei, desonerando assim os empresários e proporcionando novas vagas no mercado. Com o Plano, existe ainda a expectativa de que R$ 39,1 bilhões sejam investidos pela iniciativa privada no Estado.

O plano, tem quatro eixos, focados no investimento público, investimento privado, ambiente de negócios, além de pessoas e o acesso ao crédito.

Um dos principais pontos do plano é um projeto de lei, chamado de Emprega Pernambuco, onde o Estado irá pagar diretamente às empresas R$ 550 de parte do salário de 20 mil novos empregos a serem gerados. O projeto surge com o objetivo de gerar mais empregos, além de desonerar as empresas do Estado.

Para o acesso ao crédito, a Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE) vai disponibilizar duas modalidades. O Giro AGE, vai possibilitar que o empresário tenha acesso a até R$ 100 mil, com três meses de carência, 33 meses para pagar e juros de 0,99% ao mês. Já o Crédito Popular, para os pequenos empreendedores, vai liberar até R$ 5 mil, com dois meses de carência, 14 meses para pagar e juros de 0,50% ao mês. Serão quase R$ 81 milhões para o setor de crédito que o Estado irá investir.

O foco dos projetos estruturadores do Estado que vão receber  investimentos, estão a triplicação da BR-232, no acesso ao Recife, o Arco Metropolitano, além de rodovias incluídas no programa Caminhos de Pernambuco. Estão previstas também, com o recurso de R$ 5 bilhões, obras nos aeródromos de Caruaru, Serra Talhada, Araripina e Garanhuns, juntamente com investimentos no abastecimento de água, saneamento e educação.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (81)998723401

Visitas: 23424
Usuários Online: 60
Copyright (c) 2022 - bigUPlay
Converse conosco pelo Whatsapp!